CONTO: As últimas férias no mundo conhecido

berkun-air-conditioning-summer-skies1

Vitor acordara com o humor cinzento típico de um dia de aula chuvoso. Lá fora, porém, o calor distorcia o asfalto, e o azul cetim do céu era de doer os olhos. Sobretudo, era o início das férias. Era obrigatório que ele estivesse correndo e gritando feito louco, sem saber se andava de bicicleta, jogava videogame ou se entregava ao ócio irrestrito e descarado que só aqueles que não têm provas à vista nem deveres de casa por concluir conhecem. Mas não. Continuar lendo

Anúncios