Além do Sol e da Lua – Capítulo 9

CAPÍTULO IX- … E Luar Escarlate

Luar escarlate 1 (httpbluehybun.deviantart.comartabandoned-farm-house-190413544)

– O sangue está fresco – afirmou Berek ao alisar a pelagem de Branca. Depois esfregou os dedos lambuzados de vermelho na relva. – O massacre se deu hoje, isso é certo. Mas não sei dizer precisamente quando, se de manhã, de tarde ou há poucos minutos. Quanto aos Dimethio, tenho… Continuar lendo

Anúncios

Intrínseca divulga data oficial de lançamento d’O Olho do Mundo

Confira o anúncio publicado pela editora Intrínseca em seu site oficial.

O Olho do Mundo, primeiro volume da série de fantasia A Roda do Tempo, de Robert Jordan, está prestes a chegar às livrarias. Os primeiros exemplares sairão de gráfica no fim de agosto, e o lançamento está marcado para 2 de setembro — data em que o livro já estará disponível para venda em todo o país.

Foi disponibilizada também uma entrevista com Danielle Machado, editora de livros jovens, e sua equipe. Chequem aqui.

Uma prévia do livro (prólogo e primeiro capítulo) pode ser acessada aqui.

A Roda do Tempo

LANÇAMENTO NO BRASIL: Prince of Thorns

Prince of ThornsA editora DarkSide Books, responsável por trazer ao Brasil as bibliografias de Tolkien (por Michael White) e de Stephen King (por Lisa Rogak), desta vez prestigia os fãs brasileiros de fantasia e de terror/horror com uma das obras de dark fantasy mais aclamadas ultimamente e que conta com um dos anti-heróis mais inescrupulosos. Trata-se de Prince of Thorns (Príncipe dos Espinhos), com lançamento previsto para 20 de setembro.

Continuar lendo

Como será a literatura de ficção em 2043?

Dystopian

Ewan Morrison escreveu um ensaio criativo para o jornal britânico The Guardian especulando sobre as características da literatura de ficção em 2043. O humor (negro) contido em suas reflexões acerca de um futuro distópico é, no mínimo, interessante. Levanta questões sobre pirataria; sobre democratização do acesso ao conhecimento e à cultura e aos meios de sua produção e divulgação; sobre os limites que o capitalismo impõe à seara literária; sobre a interação entre cultura e tecnologia. Mais importante: o texto – como qualquer texto – veicula as opiniões de seu autor, de sorte que precisa ser lido com cautela e olhar crítico. Cabe ao leitor decidir se endossa ou não o que lê. De minha parte, não concordei com algumas das posições expostas no artigo, mas tirem suas próprias conclusões. Eis o link (em inglês).

Abaixo resumo os principais prognósticos que Ewan se arriscou a fazer: Continuar lendo

RESENHA: A Roda do Tempo – O Olho do Mundo

1- Capa da Intrínseca

Capa da Intrínseca.

Há dias que planejo escrever uma resenha deste aqui, mas um marasmo típico de alguns momentos de nossas vidas – maximizado, aliás, quando terminamos de ler um bom livro –, outras prioridades e, sobretudo, a sensação de que não sou qualificado para falar de uma obra desse calibre – tudo isso ficou no caminho. A verdade é que não passo de um recém-chegado a esse universo que já conquistou os corações de milhões de fãs ao redor do mundo. Sou um retardatário e, exatamente por esse motivo, estou atrasado na leitura da saga, mal tendo iniciado o segundo volume. É relevante que eu esclareça isso, porque suponho que minhas impressões, enumeradas abaixo, seriam diferentes se eu tivesse uma noção mais macro do assunto, que abarcasse o conjunto de todas as histórias que compõem A Roda do Tempo. Portanto, minhas críticas sofrem desse desfalque devido a meus limitados conhecimentos acerca da vasta criação de Robert Jordan. Continuar lendo