Além do Sol e da Lua – Capítulo 5

CAPÍTULO V- “Porque o mundo não é só feito de semielfos e daqueles que os odeiam”

Porque o mundo... 3

As agulhas de vento choviam de baixo para cima enquanto Seth caía. Um martírio às feridas abertas de seu rosto, que até então não o haviam incomodado. A dor durou ínfimos segundos, pois a gravidade tinha pressa em puxar o corpo para a terra. Teria quebrado-lhe alguns ossos, não fosse o terreno macio onde ela o assentou. O farfalhar da palha denunciou a descarada conveniência. Justamente no ponto em que fora obrigado a pular ou voltar, o monte fofo sob os pés dissipara as dúvidas do fugitivo.

Continuar lendo

Anúncios

RESENHA: A Crônica do Matador do Rei: Primeiro Dia – O nome do vento

O nome do vento 2Meu nome é Kvothe, com pronúncia semelhante à de ‘Kuouth’. Os nomes são importantes, porque dizem muito sobre as pessoas. Já tive mais nomes do que alguém tem o direito de possuir.

(…)

Meu primeiro mentor me chamava de E’lir, porque eu era inteligente e sabia disso. Minha primeira amada de verdade me chamava de Duleitor, porque gostava desse som. Já fui chamado de Umbroso, Dedo-Leve e Seis-Cordas. Fui chamado de Kvothe, o Sem-Sangue; Kvothe, o Arcano; e Kvothe, o Matador do Rei. Mereci esses nomes. Comprei e paguei por eles.

Mas fui criado como Kvothe. Uma vez meu pai me disse que isso significava ‘saber’.

Fui chamado de muitas outras coisas, é claro. Grosseiras, na maioria, embora pouquíssimas não tenham sido merecidas.

Já resgatei princesas de reis adormecidos em sepulcros. Incendiei a cidade de Trebon. Passei a noite com Feluriana e saí com minha sanidade e minha vida. Fui expulso da Universidade com menos idade do que a maioria das pessoas consegue ingressar nela. Caminhei à luz do luar por trilhas de que outros temem falar durante o dia. Conversei com deuses, amei mulheres e escrevi canções que fazem os menestréis chorar.

Vocês devem ter ouvido falar de mim.

Continuar lendo

Adaptação para o cinema de The Ocean at the End of Lane, livro de Neil Gaiman

Via EXTRACINE. Autoria de Rafael Vidal SANZ.

Joe Wright, diretor que adaptou para o cinema Anna Karenina, um clássico da literatura russa e filme de estreia ainda recente aqui no Brasil, agora volta os olhos para um romance recém-publicado. Já está quase confirmado que será ele o responsável pela adaptação de The Ocean at the End of Lane, de Neil Gaiman, para a telona.

Continuar lendo

Os mais esperados de 2013 – Parte 2

O site bestfantasybooks.com realizou uma votação a fim de descobrir quais eram os livros de fantasia mais aguardados pelos fãs para o ano de 2013.

A lista abaixo dá seguimento à iniciada em Os mais esperados de 2013 – Parte I.

Continuar lendo

A recompensa

Segue um excelentíssimo vídeo, recomendado por um não menos excelente companheiro das letras. Trata-se de um projeto de filme independente do The Animation Workshop, de Viborg, Dinamarca.

Uma história cativante. Um toque de humor. Uma bela mensagem. Um final sagaz. E um tema que agradará a todos os aficionados por Literatura Fantástica em geral – e amantes de RPG em particular.

Continuar lendo

Além do Sol e da Lua – Capítulo 4

CAPÍTULO IV- Fuga honrosa

Tiberia 2

Dum… Dum… DUM! Investidas ritmadas contra a madeira. DUM… DUM! Encontravam vigorosa resistência, de sorte que a labuta de aríete humano teria de prosseguir indefinidamente. DUM! Entrecortados, distinguiam-se lamúrias e gemidos. DUM!! E rangiam dobradiças de ferro. DUM!!! Alguém praguejava com uma voz embargada, em meio a interrupções em que parecia cuspir. DUM!!!!

Continuar lendo

Repositório de excertos

Digamos que você tenha ouvido falar muito bem de determinado livro, mas, embora possa confiar nas recomendações que recebeu, prefere tirar suas próprias conclusões. Sim, você pode buscar resenhas e críticas na internet, mas ainda estaria no terreno das impressões alheias. A melhor maneira de saber se você gostará ou não de um romance é ler algumas de suas páginas, para verificar se o estilo agrada, se a história prende e se os personagens cativam.

Continuar lendo

Os mais esperados de 2013 – Parte I

O site bestfantasybooks.com realizou uma votação a fim de descobrir quais eram os livros de fantasia mais aguardados pelos fãs para o ano de 2013.

O resultado oferece um bom panorama do que existe de melhor na Literatura Fantástica ultimamente. (No caso, entendam como “melhor” um livro ou série (ou autor) que conseguiu arrecadar uma legião vasta de leitores fiéis.) É um rol precioso de excelentes sagas para se acompanhar.

Continuar lendo

Além do Sol e da Lua – Capítulo 3

CAPÍTULO III- Sombra sob a luz do lustre

De volta à loja contra a vontade, o garoto foi jogado rudemente no chão, depois de os homens terem arrancado sua capa. A surpresa nocauteara seu raciocínio, e agora o lustre justo acima de si lhe ofuscava a vista, enquanto ele assistia prostrado a seus captores destroçarem sua austera companheira de viagem. E eis que, miúdo e indefeso, Seth prendeu o fôlego à medida que o coração acelerava e as veias dilatavam. Pulsava-lhe no sangue um medo maior do que o terror que lhe injetaram Hidëo e Atröxis: pânico. Pânico nauseante. Não tinha a menor noção do que fariam com ele. Mestre Paetros prevenira-o acerca do “tratamento nada gentil” reservado aos semielfos, mas nunca entrara em detalhes; e o menino, sensato, jamais nutrira curiosidade sobre o assunto. Continuar lendo

CONTO: Fim e recomeço

Fim e recomeçoEle berrava porque era só o que sabia fazer. Alguma força primeva, mais velha do que esta história, sua história ou a Grande História do Tempo, o conduzia a agir assim. Gerações antes dele haviam procedido da mesma maneira. Talvez o primeiro dentre os seus houvesse se portado igual – e este sim devia ter inventado ou descoberto uma novidade. Mas o que se seguira a partir daí não passara de imitação, ou porque a originalidade se esgotara, ou porque a técnica era perfeita demais para sofrer mudanças. Sentia-se desconfortável, vazio por dentro, e berrar era o certo a fazer.

Continuar lendo