LANÇAMENTO: Promise of Blood

Promise of bloodPromise of Blood é o livro que inicia a trilogia The Powder Mage, do autor estreante Brian McClellan. Conjugando mágica prodigiosa com atiradores de elite dotados de habilidades sobrenaturais, e tendo nas revoluções sua temática central, a história promete trazer muitas inovações ao gênero da Literatura Fantástica.

Uma delas vale a pena a menção, pois deixou este que vos escreve tinindo de curiosidade incontida: um sistema de magia baseado na pólvora. Sim, pólvora! (Daí provavelmente o título da saga, The Powder Mage.) Desconheço os detalhes de como opera mágica desse calibre, mas pretendo descobrir, que o livro já figura em minha lista de futuras leituras.

É bom ver que McClellan fugiu de uma das convenções básicas da fantasia: a de que mágica e armas de fogo não se misturam. É comum que situem a magia num cenário, embora não necessariamente medievo, sempre anterior ao advento da pólvora. Talvez isso se deva à crença de que a mágica tende a restar embebida em misticismo – por mais que apresente uma lógica particular e mantenha coerência interna o bastante para originar um “sistema”. As armas de fogo, ao contrário, são associadas à técnica, ao saber-fazer; são ferramentas: para reproduzi-las e utilizá-las, é preciso conhecê-las em profundidade – ao passo que na magia sempre remanesce um componente que não conseguimos compreender ou explicar (e, portanto, controlar) com perfeição.

Bem, divagações à parte, eis a sinopse da história:

O golpe do marechal de campo Tamas contra o rei enviou os aristocratas corruptos à guilhotina e distribuiu pão aos famintos. Mas igualmente provocou uma guerra com as Nove Nações, ataques internos de realistas fanáticos, e uma disputa gananciosa por dinheiro e poder envolvendo os supostos aliados de Tamas: a Igreja, uniões trabalhistas e forças mercenárias. Tensionado a seus limites, Tamas se vê severamente dependente dos poucos magos de pólvora restantes – incluindo o amargurado Taniel, um atirador de elite brilhante que também acaba por se revelar seu filho perdido, e Adamat, um inspetor de polícia aposentado cuja lealdade é posta à prova por tentativas de extorsão.

Agora, quando o regime enfrenta investidas tanto de dentro quanto de fora, os crentes sussurram presságios de morte e destruição. São meras lendas camponesas sobre deuses que despertam para caminhar sobre a terra. Nenhum homem moderno e instruído acredita nesse tipo de coisa. Mas deveriam…[1]

Uma excelente resenha pode ser encontrada em: http://fantasy-faction.com/2013/promise-of-blood-by-brian-mcclellan.

[1] Tradução livre do texto disponível em: http://thefoundingfields.com/2013/02/upcoming-promise-of-blood-brian-mcclellan-orbit/. Acesso em 29 mar. 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s